Requeijão de inhame - R$ 2,38

11 de novembro de 2017
Todo mundo merece saber que o inhame tem milhões de benefícios pra saúde. E quem fala não sou eu, é a minha musa inspiradora Sonia Hirsch. Se você ainda não a conhece, corre! A Sonia escreveu um livro inteeeeeiro sobre o inhame. 

Vou pedir licença a ela e publicar aqui, na íntegra, os benefícios do inhame citados no livro, tá? Vou colocar em outra cor porque tirei exatamente cada linha do livro dela. 

Limpa o sangue

É um dos alimentos medicinais mais eficientes que se conhece: faz muitas impurezas do sangue saírem através da pele, dos rins, dos intestinos. No começo do século já se usava elixir de inhame para tratar sífilis. Acredita-se que foi uma das primeiras plantas cultivadas no planeta.

Fortalece o sistema imunológico

Os médicos orientais recomendam comer inhame para fortificar os gânglios linfáticos, que são os postos avançados de defesa do sistema imunológico. Curioso que a forma do inhame seja tão semelhante a dos gânglios. Ele é riquíssimo em zinco, que aumenta nossas defesas.

Ajuda a evitar dengue, malária e febre amarela

A presença do inhame no sangue permite uma reação imediata à invasão do mosquito, neutralizando o agente causador da doença antes que ele se espalhe pelo corpo. Aldeias inteiras morreram de malária depois que as roças de inhame foram substituídas por outros plantios.

É mais poderoso que a batata

E tem a vantagem de ser nativo, enquanto a semente da batata é importada. Inhame dá com fartura em qualquer lugar úmido. Em vez de apodrecer na cesta, como a batata, ele brota e produz mais inhames. Nas mulheres aumenta a fertilidade porque contém fitoestrógenos, hormônios vegetais, importantes na menopausa e após.

Outras funções gerais

Desinflama cicatrizes, elimina o sangue pisado de contusões, abcessos e tumores. Pode ser usado imediatamente após fraturas ou queimaduras para evitar inchaço e dor, e também em processos inflamatórios de hemorróidas, apendicites, artrites, reumatismos, sinusites, pleurisias, nevralgias, neurites, eczemas. Em caso de tumor no seio ou em outros lugares junto à pele é ótimo usar o emplastro de inhame durante uma semana antes de operar, pois ele vai aumentar esse tumor atraindo toda substância semelhante que houver no interior do corpo e evitar outros tumores. Serve ainda para baixar febres.

Ficou bonitinho, hein? A textura lembra bastante requeijão

Bafo, hein? E olha, esses requeijões do supermercado, além de caros, podem conter substâncias bizarras. Inclusive o mesmo produto usado pra fazer placas de trânsito. Fique de olho no rótulo!

Vamos à receita.

Tem gente que gosta de incluir alho e cebola crus também. Eu já fiz e achei muito forte. Não fica parecendo um requeijão. Mas você pode tentar. Dá pra fazer a mesma receita com mandioca, mas eu acho o sabor do inhame mais neutro. 

Ingredientes - Rende 450g de requeijão
3 inhames médios descascados e cozidos (cerca de 400g)
1/3 de xícara da água do cozimento do inhame
1/2 limão espremido
1 colher de sopa de polvilho azedo
temperos a gosto (usei três raminhos de tomilho fresco)

Como fazer 
Bate tudo no liquidificador ou processador. Apenas. Sim, dá pra perceber porque é bem difícil e sofrido cozinhar. 

Dura cerca de 1 semana de geladeira. 

2 comentários:

  1. Oi, Juliana! Tô adorando o blog! Qual a função do polvilho nessa receita? Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Menina, que bom que você tá gostando!!! Pode deixar sugestões de receitas, se quiser! A função do polvilho é ajudar a dar uma textura mais puxa puxa, típica do requeijão mesmo, e deixar essa receita com menos cara de purê! Você pode inclusive colocar mais polvilho se quiser, mas eu acho que já vai interferir um pouco no sabor! Eu gosto tanto dessa receita que chego a comer de colher, feito uma loba! Hahahhahaa Beijoca

    ResponderExcluir