Estrogonofe de berinjela - R$ 5,78

28 de novembro de 2017
Vocês viram Masterchef nessa semana? Eu piro naquele sotaque da Irina e no jeito dela de cozinhar. Torço horrores. 

Todo mundo me pergunta por que eu vejo Masterchef já que as receitas costumam levar carne. Quando tem uns bichos pendurados eu desligo a TV, mas em geral sempre aprendo umas coisas aleatórias. E como não amar esse ser chamado Paola Carosella? Foi no Masterchef que eu aprendi que não se pode mexer o feijão depois de temperar. Tem que deixar criar aquela crostinha em cima pra engrossar o caldo. No último episódio, a Irina deu uma dica ótima que eu não sabia: é bom colocar o leite de côco só no fim das receitas, com o fogo já desligado. Se deixar ele cozinhar e ferver, o côco vai soltar muita gordura e o caldo vai ficar rançoso. 

Não sei por que tô contando tudo isso porque não tem nenhuma relação com o prato de hoje. Eu tava só tagarelando mesmo. 


Por cima, coloquei a palha de inhame


Essa receita é o melhor exemplo de que comida saudável pode ser muito barata e muito simples. O estrogonofe de berinjela sustenta cerca de 6 pessoas de apetite moderado ou 4 famintas. Eu sempre faço essa mesmíssima receita com abobrinha e esta continua sendo a minha opção preferida. Com a berinjela fica uma delícia também, mas a abobrinha é mais neutra e absorve bem o gosto do molho.  Acho que fica mais suculento! Então faça com o que você tiver em casa ou o que tiver mais barato no hortifruti. Se você tiver ostentando, pode fazer com cogumelos também! Com shitake dá vontade de chorar, de tão bom. Mas o preço da receita vai multiplicar por muitos reaizinhos. 

O essencial de todo estrogonofe é aquela cor meio rosada, certo? Que surge da mistura do molho de tomate com o creme de leite. Eu não como creme de leite, então uso o leite de aveia no lugar. Não pode ser outro leite vegetal.  Tem que ser o leite de aveia porque ele vai dar cremosidade e vai ajudar a engrossar o estrogonofe. Se você usar outro leite, o caldo vai ficar ralo. Entendido?

Pro leite de aveia
⠂1 xícara de aveia em flocos grossos
⠂4 xícaras de água quente
É só bater e coar. 
Observação: é melhor deixar a aveia de molho por 8 horas para neutralizar os antinutrientes, como a gente faz com feijão. Não esqueça de descartar essa água do demolho. 

Pro estrogonofe
⠂2 dentes de alho picados
⠂1 cebola média cortada em cubos
⠂2 berinjelas ou abobrinhas médias cortadas em cubos
⠂2 xícaras de molho de tomate (opcional)
⠂1 xícara de leite de aveia
⠂2 colheres (de sopa) de molho de mostarda
⠂2 colheres azeite de oliva
⠂2 colheres de sopa de óregano
⠂salsinha e cebolinha a gosto
⠂sal a gosto
⠂outras pimentas a gosto (coloquei páprica picante e pimenta do reino)
Observação: Se você tiver numa fase ryca da vida, também pode acrescentar palmitos picadinhos ou champignon). Se não for usar molho de tomate, pode acrescentar uma colher de sopa de colorau pra dar uma corzinha. 

Como fazer
Se você é da turma que costuma estranhar o amargo da berinjela, coloque os cubinhos imersos na água com duas colheres de sopa de vinagre por uns 10 minutos. Escorre bem e pronto. Numa panela, refogue o alho e a cebola no azeite até dourar. Acrescente os cubinhos de berinjela. Coloque o molho de tomate e o leite de aveia. Tempere com orégano, sal, pimentas a gosto e a mostarda. Espere ferver por uns 6 ou 7 minutos e pronto. Desligue e o fogo e acrescente a salsinha e a cebolinha. 

Pra palha de inhame
1 inhame grande ralado 
sal a gosto

É só misturar tudo e jogar na frigideira elétrica ou fritar por imersão. Tem gente que diz que dá pra fazer no forno, mas eu nunca consegui. 

Vai dizer que não fica lindo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário