10 dicas pra agilizar na cozinha

2 de novembro de 2017


Antes de falar sobre o post de hoje, quero responder duas perguntas que as pessoas têm me feito:

1) Por que você não faz um curso de gastronomia, Juliana?

Resposta: Eu não tenho nenhuma pretensão de trabalhar numa cozinha profissional, abrir um restaurante ou fazer vídeos lindos no youtube ensinando as pessoas a cortarem uma cebola. Já tem milhares de pessoas fazendo isso. E eu nem sei cortar uma cebola direito. Inclusive acho bem divertido continuar não sabendo. A gastronomia exige foco e paciência, duas coisas que eu tô bem longe de ter. Sou do tipo que se corta e se queima cozinhando sem pra pressa só pra mim. Imagina pra 100 pessoas. 😅 Meu objetivo é continuar amadora mesmo.💙

2) Por que você não faz um curso de nutrição?

Resposta: Pra mim, saber que brócolis tem muito cálcio já basta. Se eu quiser ir além, eu marco uma consulta com um nutricionista. Não quero estudar essas coisas. Odeio química. Odeio substâncias, enzimas e coisas do tipo. Gosto de ser jornalista e escrever meus textinhos. 💕 Já me conformei em ser pobre pra sempre. 😉

Tudo esclarecido?
                                                                        ⬂⬃

O post de hoje é um pedido de muita gente aqui! E eu só consigo escrevê-lo porque leio bastante sobre comida, observo os deuses cozinharem (minha mãe, em especial, a galera dos programas de culinária e os chefs que eu entrevisto pra minhas reportagens) e junto tudo isso com o meu dia a dia, que costuma ser bastante turbulento. 

Com algumas coisas em mente e um pouco de organização, dá pra economizar muitas horas de fogão! Te garanto! Não tenho tempo e disposição pra passar um dia inteiro numa cozinha. A coisa aqui é agilizada. Vou escrever, então, algumas dicas pra você também agilizar o preparo das tuas comidas. Se tiver outras ideias que não citei, manda pra mim!!! 👇

1 ⠂Organize suas compras. Escolha um dia por semana pra comprar vegetais frescos na feira ou onde for mais viável pra você. Escolha um dia por mês para comprar grãos, cereais, massas, ervas, temperos. Se você não sabe o que comprar, dá uma olhada nesse post aqui. Conheço muita gente que vai ao supermercado a cada vez que sente fome. Isso é uma perda de tempo absurda! Tenha uma geladeira e uma despensa minimamente abastecidas sempre! 

2 ⠂ Programe o preparo de coisas básicas. Pão, pastinhas, ricota, torradas, bolo, bolachinhas, podem ser comprados prontos no supermercado. Mas vão custar o seu rim e, em geral, não serão muito saudáveis. Aqui em casa a gente sempre deixa algumas coisas prontas pra semana, pra não precisar parar tudo no meio da correria e ter que ir pra cozinha. Escolha um dia na semana e um horário específico pra fazer um pão integral, uma pastinha (como essa de gergelim) e um bolo. Isso já garante os cafés da manhã e lanches da semana e te poupa muito tempo. Escolha um momento em que você já está na cozinha fazendo outra coisa, como um almoço ou uma janta, pra agilizar o processo. 

3 - Lave as folhas verdes e ervas frescas assim que chegar das compras. As folhas e as ervas devem ser lavadas com bastante água, secas com um pano ou aquele secador de alface, e guardadas num recipiente bem fechado. Além de evitar que elas estraguem rápido, vai economizar tempo na hora que você chegar em casa morto de fome e cansado, sem paciência pra preparar muita coisa. 

4 - Deixe todos os itens da receita na sua frente antes de começar. Isso evita que no meio do preparo você descubra que não tem alguma coisa e precise correr no mercado ou ter que planejar uma nova receita. 

5 - Cozinhe algumas coisas em maior quantidade pra congelar. Se você já foi pra cozinha pra fazer um feijão ou alguma coisa com molho de tomate, aproveita pra fazer em maior quantidade e congele em potinhos. Isso vai facilitar a vida de um jeito maravilhoso. A mesma coisa vale pra lentilha, grão de bico, pãezinhos de batata, molho branco ou sopas.

6 - Congele as frutas muito maduras. Isso evita que você desperdice comida e já agiliza o preparo de sucos. No verão, banana no liquidificador com amendoim ou com outra fruta já rende um sorvete. 

7 - Tenha alguns produtos ágeis na despensa. Uma coisa que não falta aqui em casa é milho pra pipoca, pra lanches em dias de geladeira vazia, e macarrão, pros dias em que a preguiça de cozinhar domina. Tá morrendo de pressa, fome e cansaço? Cozinha um espaguete e joga por cima um molho de tomate que já tava congelado. Pronto! Se tiver umas folhas de manjericão frescas, a tua refeição vai ficar ainda mais saudável e delícia. 

8 - Dê preferência aos vegetais que não precisam ser cozidos. Abóbora é uma coisa divina, mas ela precisa de bastante tempo na água, no forno ou no vapor. O mesmo vale pras batatas. Já o tomate, a cenoura, abobrinha, abacate, pepino, pimentão, repolho, por exemplo, podem ser consumidos crus. Então sempre tenha alguns desses vegetais na sua geladeira! Se você tem um pão integral no armário e juntar com algum desses vegetais picadinhos e bem temperados com sal, orégano, azeite e pimenta do reino, você já tem uma janta poderosa, feita em 1 minuto.  

9 - Sopa de liquidificador e pequenos lanches. Não fica tão saborosa quanto a sopa feita aos poucos na panela, mas não deixa de ser honesta e quebra um galho imenso. Ferva água e bata ela no liquidificador com: um tubérculo cozido (cenoura, inhame, batata, cará, mandioca) pra dar cremosidade, gengibre, outros vegetais crus da sua preferência, sal e temperos. Pronto. Do liquidificador já vai direto pro seu prato. Sem sujar panelas. Dicas de combinações: cenoura, abobrinha e gengibre; batata, couve e orégano; inhame, brócolis e açafrão; couve-flor, mandioca e noz moscada. E outra: você não precisa preparar sempre coisas muito elaboradas. À noite aqui em casa é uma sopa, uns legumes jogados no forno com alecrim, uma salada ou qualquer sanduíche caseiro. 

10 - Aproveite as sobras em novas receitas. O feijão pode virar tutu. O arroz pode virar bolinho. O purê de batatas pode virar esses pãezinhos de batata. Misture qualquer leguminosa já cozida com batata e temperos e você já tem um hambúrguer (receitas aqui e aqui). Sobrou? Congele. Essa dica é ótima porque você não precisa começar uma receita sempre do zero. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário