Iogurte vegano de côco - R$ R$ 2,89

13 de outubro de 2017
Encontrei a Ana Paula num encontro da galera da pré-escola (sim, eu não via o povo todo há mais de 15 anos) e ela me contou que o filhinho dela, o Vicente, tem uns probleminhas com consumo de leite. Conversamos um pouco sobre essa onda de alimentação saudável, contei da ideia do blog e a vida seguiu. 

Nessa semana a Ana me escreveu pedindo uma receita de iogurte vegetal porque o Vicente tava doente, não queria comer nada e só pedia o bendito iogurte. Ela chegou a dar uns com leite, mas piorou a virose, aumentou a secreção do nariz. Fucei meus livros e só achei receitas complicadas. Passei pra ela uma dica que vi num vídeo da Bela Gil, de fazer suco de fruta e fermentar com limão. Mas o pequeno queria um iogurte branquinho!!!! Até que a Ana achou uma receita na internet de uma loja e me mandou, perguntando se eu achava que daria certo. Fiquei louca e já testei em seguida pra ver se funciona! E não é que foi um arraso? Vou fazer sempre!!!!

Só deixa eu explicar umas coisas antes. Pra fazer o iogurte, tem que rolar um processo de fermentação. Se não tiver isso vira um pudim. Pra fermentar, dá pra fazer de várias formas: 

1) com água de kefir
2) com limão
3) com probióticos desses de saquinho que vendem em lojas de produtos naturais. 
4) com um potinho de iogurte natural já pronto do supermercado. 

Eu fiz com limão e deu tudo certo. Só que pra ficar consistente, com aquela textura de iogurte cremoso, tem que usar agar agar ou gelatina incolor. Como eu sou vegetariana e a gelatina é feita de osso de boi, usei a agar agar. Sim, é um ingrediente difícil de encontrar e caríssimo! Eu encontro aqui em Floripa a granel, em lojas de produtos naturais, a R$ 89,90/kg! Mas, rende muito. E na receita só usei 4 gramas, ou seja, custou R$ 0,35 centavos pra essa porção. Rende bastante.

Eu comi com polpa de maracujá e melado de cana! Coloque o que você quiser. 

Perdoem a foto HORRÍVEL, mas eu não tenho maturidade pra novas receitas e saio comendo, não consigo tirar foto com calma. 

Ingredientes - A receita rende 4 potinhos como esse da foto
3 xícaras de côco ralado 
1 litro de água quente
1 colher de sobremesa de agar agar (deu 4 gramas)
2 limões espremidos

Como fazer
1) Deixar o côco ralado imerso na água quente por 20 minutos
2) Bater bem o côco com a água no liquidificador. 
3) Coar com uma peneira ou um paninho limpo (Eu não coei porque gosto dos pedacinhos de côco). 
4) Levar metade do leite de côco pra panela, misturar o agar agar ou gelatina e deixar ferver por 3 minutos.
5) Bater essa mistura no liquidificador junto com o suco dos limões. 
6) Colocar tudo (tanto a mistura que foi pra panela quanto a outra metade do leite de côco) numa tigela de vidro e deixar em temperatura ambiente por 2h pra fermentar. 
7) Levar na geladeira pra endurecer, comer e ser feliz. 

4 comentários:

  1. A outra metade do leite de coco não foi usada nessa receita, é isso?
    Obrigada.
    Cacilda

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cacilda! Não! Vai tudo! Ali na etapa 6, do modo de fazer, eu quis dizer que é pra misturar "tudo". Tanto a parte que foi pra panela como a que estava reservada! Vou tentar deixar isso mais claro!!!

    ResponderExcluir
  3. Fermentação com limão... Você saberia me explicar como ocorre esse processo? Também gera as bactérias do bem encontradas nos probióticos? Tentei encontrar algo sobre na internet, porém não achei. Se puder me explicar, ficarei grata ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angelina! Não, com a versão do limão não tem probióticos, apenas o gostinho de iogurte. Para criar os probióticos precisa de kefir de água ou aquela sachês de probióticos que vende em casas de produtos naturais.

      Excluir