Maionese de abacate já - R$ 3,95

3 de setembro de 2017
Hambúrguer com salada é uma das minhas jantas preferidas. Pelo menos uma vez por semana eu testo alguma receita nova. Já tentei fazer hambúrguer de tomate seco, de arroz, couve-flor, feijão, lentilha, grãos, brócolis, grão de bico, tofu e cogumelos. Todos eles são ótimos, mas precisam de acompanhamentos pra ficar incríveis. Não vou postar a receita do hambúrguer de feijão com amendoim, que comi junto com essa maionese hoje, porque ainda preciso acertar algumas coisas pra ficar maravilhoso. Aguarde! Vem muito hambúrguer pela frente.

Em geral, eu como hambúrguer com molho de pimenta, desses mais naturais que custam todo o meu salário, ou com maionese caseira. Tenho duas receitas ótimas. Uma de tofu e essa de abacate. O abacate é uma gordura incrível, a melhor do reino vegetal e cheio de nutrientes.

Hoje eu testei a receita substituindo o alho pelo gengibre e ficou muito melhor, na minha opinião. O alho cru às vezes me deixa com azia. 

A maionese podia ficar mais lisinha, mas eu tava com preguiça de sujar o processador. O meu liquidificador não é dos melhores.
Essa maionese também serve pra comer com sanduíches, servir de molho pra saladas, tipo uma de alface com tomate, que costuma ser sem graça, ou qualquer outra coisa que daria pra fazer com maionese tradicional. Menos ir no fogo. O abacate em contato com o calor deixa um gosto muito amargo. Eu não gosto.

Última informação importante: essa receita tem que ser feita pra comer na hora ou no máximo, no dia seguinte, porque o abacate oxida e escurece. 

Ingredientes
1 abacate maduro pequeno
1 colher de café de gengibre fatiado bem fininho  ou 1 dente de alho
1 limão espremido (só o suco)
1 colher de sopa de mostarda (aquela que vende pronta no mercado e na mesma prateleira do catchup)
folhas de manjericão a gosto (pode substituir por salsinha, cebolinha ou tomilho, mas com manjericão fica sensacional)
sal a gosto

Como eu fiz
Joguei tudo no liquidificador. Mas o meu é desses caquéticos, então o creme não ficou super lisinho. O ideal é fazer no processador. Eu tenho, mas tava com preguiça de sujar. Se você tiver com preguiça de sujar até o liquidificador, o que compreendo, dá pra fazer uma versão mais rústica, na mão mesmo. Só amassando o abacate com o garfo e misturando o resto dos ingredientes, mas vai ficar os pedacinhos de gengibre e manjericão.

Fiz a maionese pra acompanhar esse hambúrguer de feijão com amendoim. Só não postei a receita dele porque ainda preciso fazer alguns ajustes. Acho que dá pra melhorar.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Quando eu tô ryca, uso a mostarda dijon, a mais barata que eu encontrar. Quando não, uso qualquer molho que vende no mercado que não tenha glutamato monossódico na lista de ingredientes. A marca que tenho aqui na geladeira agora se chama "French's". Beijoca!

      Excluir
  2. Oii! Posso usar abacate congelado para a receita? Beijos, adoro te acompanhar!

    ResponderExcluir
  3. sempre sonhei em achar uma receita de maionese sem óleo, rs.
    adorei a tua!

    ResponderExcluir