Almôndegas de berinjela - R$ 3,20

8 de novembro de 2017
Um dos vegetais que é meu amigo verdadeiro, desses de abraçar e torcer pra ele vir logo me visitar, é a berinjela. Primeiro porque dá pra achar em qualquer lugar: do Amapá ao Rio Grande do Sul, frita nos PF da periferia, na lasanha na casa da tia, nos restaurantes que servem caviar. Tá bom, eu nunca fui num restaurante que serve caviar, mas acredito que tenha alguma coisa de berinjela lá, porque dá pra fazer coisas chiques.

A berinjela bomba mesmo é no verão, quando os preços despencam. Ela curte um calorzinho, mas rola de plantar em grande parte do ano. Não tem como dizer que ela não é suculenta nem saborosa. Se você é da turma dos chatos que torce o nariz pra ela deve ser porque nunca comeu uma bem feita, bem temperada, assada na temperatura certa pra ficar bem macia por dentro.

Pode começar a terapia pra tratar a tua questão com a berinjela porque aqui vai ter overdose de pratos com ela. Pelo menos duas vezes por semana eu coloco berinjela em alguma coisa. Sempre que quero testar alguma receita tradicionalmente feita com carne, eu tento substituir pela berinjela. E quase sempre dá certo.

A receita dessas almôndegas eu descobri no site do André, do Tempero Alternativo. Fiz algumas alterações de acordo com o meu gosto e com o que eu tinha em casa e segue a maravilha abaixo.

#Fica a dica: Dá pra fazer hambúrguer de berinjela com a mesma receita. É só achatar as bolinhas com as mãos. Eu recomendo deixar a massa de qualquer hambúrguer vegetal na geladeira pelo menos por uma hora, pra ficar mais firme e não esfarelar na hora de grelhar ou assar.



Ingredientes das almôndegas - R$ 3,20
1 berinjela média
1 cebola pequena
manjericão a gosto (eu coloquei horrores, enchi a mão de manjericão) ou outro tempero verde
1 colher de café de curry em pó
1 colher de café de orégano
1/2 xícara de farinha de mandioca
2 colheres de sopa de óleo
1/2 de xícara molho de tomate (coloquei um pronto que tinha congelado. em breve colocarei a receita certinha aqui)
pimenta do reino a gosto
sal a gosto

Como eu fiz
Bati tudo cru no processador, fiz bolinhas pequenas e coloquei numa assadeira untada por 30 minutos. Quem não tiver processador, vai ter que assar a berinjela com a cebola no forno antes, por uns 15 minutos, pra bater mais fácil no liquidificador. Já fiz assim também. Só tem que ter mais paciência. Bater, parar, mexer. Depois de assadas, tiro as almôndegas do forno e jogo o molho de tomate (que esquentei numa panela) por cima. Finalizo com manjericão fresco.

Dicas importantes pra receita dar certo: Se você quiser fazer como eu, da forma mais prática, que é bater tudo cru no processador, precisa comprar berinjelas pequenas, pois as grandes possuem muita água. Você também precisa modelar as almôndegas bem pequeninhas, pra elas não desmancharem na hora de assar e acabarem no formato de um hambúrguer. O forno serve pra secar as coisas também. Se a gente pula esse processo, a receita tende a ser mais úmida. Também não recomendo cozinhar as almôndegas no molho de tomate, elas podem desmanchar porque são bem molinhas. Eu só coloco o molho de tomate na hora de servir.

Como eu calculo o preço da receita
- Eu anoto o valor que paguei nos ingredientes, coloco cada um numa balança e faço regra de três: peso x preço.
- Os temperos não entram, como sal e pimenta do reino, porque uso muito pouco em cada prato.
- Só coloco óleo e azeite no cálculo se uso 1/2 xícara ou mais. Menos que isso é muito pouco e cada um usa a seu gosto.
- As ervas frescas, como a cebolinha e o tomilho, eu tiro da mini horta da minha varanda.

8 comentários:

  1. Adorei a almôndega de beringela. Uma delícia...

    ResponderExcluir
  2. Vou expermentar! E realmente tem que bater tudo cru no processador? Achei tão revolucionário e prático!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, menina! Mas a dica é: faça bolinhas pequenas na hora de modelar as almôndegas. A massa vai ficar BEM mais úmida do que se colocasse no forno. E escolha berinjelas pequenas na hora de comprar, porque elas possuem menos água. Se fizer com berinjelas bem grandes e modelar bolinhas enormes vai murchar muito na hora de assar, talvez acabe virando um hambúrguer! hahaha Beijoca.

      Excluir
  3. Você disse sobre o hamburguer vegetal para colocar na geladeira. Eu tenho feito o hamburguer e congelado direto. Acredita que vai esfarelar da mesma forma? P.s : os meus dois que eu fiz ( beterraba e brocolis ) desmancharam já na hora de moldar,porque errei no cozimento :/

    ResponderExcluir
  4. Sério? Como assim desmancharam na hora de congelar? O que eu faço é sempre colocar a massa pra esfriar na geladeira antes de modelar. Com a massa quente é impossível. Nesses de beterraba e brócolis você colocou alguma farinha e/ou batata?

    ResponderExcluir
  5. O molho de tomate vai tanto na mistura como de molho por cima na hora de servir? Ficou um pouco confuso.. Muito obrigada! :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Laura. O molho de tomate é opcional. Você usar só pra finalizar, colocando por cima das almôndegas na hora de servir. Ou não usar o molho também.

      Excluir
  6. Amei a receita.. Estou em transição para o organismos e estou amando seu blog. Posso fazer para congelar? Are quanto tempo dura congelado?

    ResponderExcluir